Procob: Evite a Fraude e a Inadimplência

Todos os setores da economia precisam gerar produtos e posteriormente encontrar compradores que adquiram suas mercadorias, sejam elas virtuais (crédito, financiamentos, etc) como bens tangíveis (roupas, calçados, veículos,  etc).

O grande desafio de quem vende serviços ou produtos é fazê-lo com segurança, evitando que pessoas físicas ou jurídicas comprem e acabem por não pagá-los. É a chamada e temível Inadimplência.

Para evitá-la, necessário se faz tomar medidas cautelares que, se não acabam, reduzem muito as chances de calotes.

Nesse contexto, gostaria de ressaltar a importância das medidas anti fraude ou de prevenção, pois pior que não vender é vender e não receber: o prejuízo é duplo, ficando sem a mercadoria e sem receber.

Para subsidiar decisões de vendas ou de tomada de créditos, a Procob – www.procob.com – vem desenvolvendo diversas ferramentas para evitar os calotes e diminuir a inadimplência:

  • Como Distribuidora Serasa Experian, possui uma gama de produtos que permitem verificar o passado de determinado CPF ou CNPJ e consultar seu banco de dados verificando sua situação de adimplente ou não;
  • Por sua vez, a Procob também desenvolveu diversos produtos que permitem confirmar dados cadastrais (nome, endereço, telefones, e-mail, etc) fazendo a parte de proteção ANTES da venda ou liberação de crédito;
  • Para os clientes que se tornaram inadimplentes, seja por dificuldades financeiras pontuais ou por fraude pré-elaboradas, há a possibilidade de fazer a inclusão dos CPFs ou CNPJs no banco de Inadimplentes da Serasa Experian, que é o mais consultado do País;
  • Para o segmento automobilístico também é possível consultar, tanto os dados do veículo quanto a sua regularidade ou fraude: é possível saber se ele é proveniente de leilão, se há restrições a sua comercialização e inclusive consultar seus itens originais como: motor, chassi, procedência, documentos e também se há alertas de roubo ou furto.
  • Setor de grande crescimento e relevância é o E-commerce, onde as transações acontecem de forma eletrônica, aumentando a necessidade de se precaverem pois, segundo dados de entidades desse segmento, a cada 6 segundos é tentada ou concretizada, uma fraude: nesse segmento, é necessário fazer sua proteção de forma automática, através da interligação com uma empresa de comprovada eficiência. Nessa área a Procob é referência no mercado!

Nessa linha também é pertinente realçar a possibilidade de se fazer consultas de imóveis:

  1. descobrir se determinado CPF ou CNPJ possuem imóveis em seus nomes;
  2. solicitar uma Matrícula Atualizada para verificar a situação daquele bem e ver se não há: penhora, inventário, confirmação do proprietário, etc.

É assim que as pessoas jurídicas podem se proteger. Mas e as pessoas físicas?

Através da Serasa Experian, a Procob disponibiliza a possibilidade de qualquer pessoa verificar a situação de pessoas físicas ou jurídicas antes de efetuar qualquer negociação, seja com um autônomo (PF) ou empresa (PJ): a ferramenta se chama Você Consulta Pessoas ou Você Consulta Empresas.

Dessa forma, toda vez que necessitar realizar um trabalho em seu imóvel, por exemplo, é possível consultar o pintor, construtor, calheiro, etc. ou as empresas, inclusive MEI, para saber de sua confiabilidade e se não é arriscado, por exemplo, fazer adiantamentos.

 Assim, a possibilidade de ter problemas diminui muito e colabora para a sua tranquilidade e segurança.

Luiz Antonio Halmenschlager –

Procob Desenvolvimento de Sistemas Ltda   

Notícias
Relacionadas

09/11/2020

Quer fechar negócios com mais segurança?

Antes de fechar negócio chama a Serasa! Conheça o histórico do seu cliente antes da tomada de decisão: Utilize as soluções do Cadastro [...]
Leia mais...

05/11/2020

Black Friday: Segurança e tecnologia para o seu E-commerce

O ano de 2020 tem sido completamente atípico, as medidas de isolamento social fizeram o número de lojas virtuais expandir. Faltando poucos dias [...]
Leia mais...

09/09/2020

Como reduzir os riscos de inadimplência?

Com a retração das atividades econômicas, as empresas atravessam um momento econômico desafiador provocado pelo risco de inadimplência. As [...]
Leia mais...