Como deseja realizar seu cadastro?
As respostas das consultas durante o período de testes serão fictícias, com o propósito único de demonstrar o funcionamento geral da ferramenta.

Franquias Investem Em Inovação E Crescem

15/01/2018

Franquias Investem em Inovação e Crescem 8% em 2017. O investimento é em softwares e outras inovações para manter margens e aumentar receita. Em pesquisa realizada pela ABF, 91,8% das empresas franqueadoras do país investiram em atividades inovadoras entre os anos de 2014 e 2016. Foram ouvidas 198 empresas que representaram 24,3% de todos os negócios do segmento instalados no país no ano passado. O estudo apontou que 43,1% das franquias consideram que a inovação aumentou a rentabilidade da empresa e 50,7% ampliou a participação da marca no mercado. O setor registrou um crescimento de 8%, com receita total de R$ 163 bilhões. O número de redes, porém, teve retração de 6%. Hoje são 2.800 franqueadoras.

Leia mais...

Os Robôs Que Vendem Nas Redes Sociais

12/01/2018

Os Robôs que Vendem nas Redes Sociais já é uma realidade, e as empresas buscam agradar seus clientes por meio Robôs atuando no Facebook e Twitter. A Natura era criticada por ser tímida na utilização de canais tecnológicos. De passado resistente pela atuação de suas vendedoras, hoje a empresa, com a utilização dos chatbots, faz investida no varejo físico e a intensificação das vendas no canal online, independente das vendedoras. Segundo Agenor Leão, vice-presidente de tecnologia e negócios digitais da Natura, o robô consegue uma taxa de conversão de vendas quatro vezes superior ao visto no site. De fato, o relacionamento direto do varejo com os clientes via redes sociais influencia, inclusive, os hábitos de consumo. Uma pesquisa da consultoria PwC mostra que: 77% dos brasileiros foram impactados pelo contato com as marcas, a ponto de mudar de ideias dos produtos que eles vieram a comprar o número é acima da média mundial, que foi de 62%.

Leia mais...

Atacarejo Deve Se Manter Em 2018

11/01/2018

Atacarejo Deve Se Manter em 2018; porque? Por uma série de motivos, que passam pelo preço(bem mais em conta), proximidade da residência, a crise criou a oportunidade de conduzi-los a marcas mais baratas e mudou um hábito: segundo a Kantar Wordpanel, hoje oito a cada dez consumidores vão aos atacarejos. Essa migração fez com que tenha atingido um crescimento de até 17,3% em volume, ante 5% dos supermercados. Essa foi a mudança gerada pela crise econômica, perda de renda e desemprego. E com a retomada como é que fica? Levando em consideração uma melhora em toda a conjuntura macroeconômica seria lógico dizer que os consumidores retomariam o nível de despesas pré-crise. Mas, não é bem isso que deve acontecer.

Leia mais...

1 A Cada 10 Brasileiros Quer Empreender Ao Aposentar

10/01/2018

1 a Cada 10 Brasileiros Quer Empreender ao Aposentar e esse número tende a crescer, pois com o aumento da longevidade, as pessoas estão se preocupando em o que fazer com seu tempo: questões financeiras (aumento de renda) e sociais (não ficar isolado em casa) e outras, estão ocupando muito tempo de quem está na fase da pré aposentadoria. Não existe mais aquela ideia do velhinho de bengala, da senhorinha fazendo crochê. Estas pessoas ainda estão ativas. Pela primeira vez na história do mundo, as pessoas ganharam tempo de vida” “O trabalho em nossa sociedade representa muito da nossa vida, da nossa personalidade, de quem a gente é. Quando se aposentam, muitos vão para casa e se deprimem”, diz Layla Vallias, cofundadora do Hype60+. O Sebrae elaborou uma pesquisa — o perfil do aposentado empreendedor, com pessoas com mais de 50 anos, e apontou que mais de 1 em cada dez afirmava querer empreender após se aposentar. mesmo quem busca empreender por necessidades financeiras demonstra interesse em fazer o que gosta. “A busca do legado é muito importante para esta idade. Esta é a grande diferença para o jovem, que quer fazer uma descoberta, um estardalhaço. A pessoa mais velha quer ser útil, deixar um legado”, diz.

Leia mais...

10 Startups Para Ficar De Olho Em 2018

09/01/2018

10 Startups Para Ficar de Olho em 2018, um país em que já conta com nomes como: Nubank, Movile, Netshoes e Pipefy, já são reconhecidos nacional e internacionalmente. Quem serão os próximos? Onde surgirão as grandes idéias? São empresas de diferentes segmentos, muitos deles “quentes” como os de mobilidade; agronegócio e saúde. Empresas que inovam em áreas super tradicionais, (como a CargoX, que levou a tecnologia para o transporte de cargas); ou em setores que há pouco não existiam (caso da Nama, cujas soluções de inteligência artificial são voltadas para identificar a linguagem natural do usuário). Vamos citar 10 empresas e de quais segmentos ofereceram soluções.

Leia mais...

Magazine Luiza Cresce Mais De 30 Vezes

08/01/2018

Magazine Luiza Cresce Mais de 30 Vezes após o ingresso do herdeiro Frederico Trajano, mudando os rumos da companhia. Filho da empresária Luiza Trajano, sobrinha da fundadora da companhia, Frederico chegou ao comando do negócio em um momento delicado: o País passava por uma das maiores recessões de sua história e os resultados da varejista e de todo o setor não eram dos melhores. O valor de mercado da companhia tinha chegado ao fundo do poço, abaixo de R$ 200 milhões. A Consultoria Galeazzi ajudou a prepará-la para um país em crise. Ao final de dois anos, o valor de mercado da companhia fechou cotado em setembro (04/09) a R$ 13,2 bilhões, contra R$ 392 milhões no início de janeiro de 2016, quando Frederico assumiu. O valor é ainda 61% maior que o da sua principal rival, a Via Varejo, avaliada em R$ 8,2 bilhões. O endividamento da companhia caiu de R$ 854 milhões em junho do ano passado, para R$ 268 milhões no segundo trimestre deste ano e as perspectivas do mercado sobre o futuro da rede são otimistas, com bancos recomendando a compra de ações da varejista.

Leia mais...

Falhas Graves Em Processadores Afetam Dispositivos

05/01/2018

Falhas Graves em Processadores Afetam Dispositivos de todas marcas! Essas falhas, denominadas Meltdown e Spectre afetam processadores da Intel, AMD e ARM e podem vazar dados sensíveis dos usuários e as correções poderão provocar uma diminuição de 30% em seus desempenhos. Bilhões de dispositivos, lançados nos últimos 20 anos, foram afetados no mundo. A descoberta se deu com o Meltdown, e foi divulgada inicialmente pelo site britânico The Register e melhor detalhada por pesquisadores do Project Zero, do Google, que buscava falhas operacionais e que acabaram de identificar a Spectre.

Leia mais...

Novo Negócio: Qual Setor Estará Em Alta Em 2018

04/01/2018

Novo Negócio: Qual setor estará em alta em 2018 – O mercado apresenta sinais de recuperação e nessa situação várias são as possibilidades, mas o que chama mais a atenção é a área de serviços. O Brasil passou por uma série de crises, algumas mais profundas e de mais difícil recuperação, como é a que o país vive nos últimos anos. No entanto, ele aponta que, passados os momentos de crise, o PIB costuma subir de forma significativa. “São momentos em que há muita demanda e investimentos reprimidos quando a economia retomar para valer, isso deve acontecer com força”, afirma o especialista em franquias. Marcelo Cherto. Já João Luis de Moura, consultor do Sebrae-PR, diz que muitas destas pessoas que perderam os empregos também não estão interessadas em voltar ao mercado tradicional, e há uma mudança nos modelos de negócios que tem possibilitado mesmo a quem tem pouco para investir. “Estão surgindo empresas com estrutura mínima, baixo investimento, sem todo aquele aparato tradicional; esta mudança nos modelos de negócio possibilitam muito mais que as pessoas tenham condição de poder abrir um negócio”. Paulo Ancona Lopez, sócio-presidente da Ancona Consultoria, diz que mesmo com a recuperação da economia, é preciso que o empreendedor saiba que o poder aquisitivo da população, neste momento, é menor. “O melhor é pensar em negócios de baixo investimento e de produtos e serviços de baixo valor, para que sejam uma alternativa para o consumidor que busca fugir de marcas caras e de despesas maiores”, aponta.

Leia mais...

Correios Exigem Nota Fiscal Ou Declaração De Conteúdo

03/01/2018

Correios Exigem Nota Fiscal ou Declaração de Conteúdo para fazer o envio de produtos. Medida entrou em vigor no dia 2/01, e a encomenda que não tiver um dos documentos terá a sua postagem recusada. “Nenhuma encomenda será aceita nas agências sem que o documento esteja devidamente afixado externamente à embalagem”, informaram os Correios; assim também vale para as transportadoras. Para enviar produtos que não estão sujeitos à tributação, será exigido uma Declaração de Conteúdo, anexada na parte exterior do pacote. A medida visa atender às exigências dos órgãos de fiscalização tributária sobre legislações para a circulação de mercadorias no país. “As empresas de e-commerce já adotam essa prática e não apenas com os Correios, pois todos os transportadores brasileiros são obrigados pela legislação a transportar apenas mercadorias que estejam acompanhadas de nota fiscal ou declaração de conteúdo”, afirmou a empresa.

Leia mais...

Salões De Beleza Vão Ter Que Emitir Nota

03/01/2018

Salões de Beleza Vão Ter Que Emitir Nota Fiscal e os cabeleireiros, em regime de parceria, terão que obter inscrição no Cadastro no MEI ou no Simples Nacional para obter o CNPJ. Novas regras para salões de beleza, aprovadas pelo Comitê Gestor do Simples Nacional, passaram a valer em 1.º de janeiro de 2018. Os empreendimentos, agora, ficam obrigados a descrever na nota fiscal o valor pago ao funcionário. Além disso, apenas os profissionais (e não os salões) vão poder se cadastrar como Microempreendedores Individuais.

Leia mais...